Um objetivo, muita vontade e várias mãos na massa. 

Assim começou a caminhada de um grupo de estudantes e jovens profissionais da Universidade de São Paulo. A primeira meta? Revitalizar o Morro do Mirante, em São Sebastião, cidade litorânea de São Paulo. 

Com atividades de educação socioambientais, que envolveram toda a comunidade de Paúba, os bons resultados foram apenas consequência da união e da força. 

Tudo isso aconteceu em 2002. Assim, três anos depois nascia oficialmente o IPESA. A área de atuação cresceu e na mesma proporção aumentaram as parcerias com fundações, institutos empresariais e prefeituras.

Foi o início da implantação de projetos de capacitação de catadores, organização da coleta seletiva em várias cidades, inserção da comunidade escolar nas questões ambientais das regiões, organização de agricultores em busca de novos modelos de produção, além de tantos outros programas e ações. 

Como fruto dos resultados obtidos, o IPESA criou metodologias inovadoras e passou a oferecer serviços em quatro frentes de atuação: Resíduos Sólidos, Unidades de Conservação, Redes Ecológicas e Água Floresta.

Quinze anos depois, o IPESA continua crescendo. Agregamos mais especialistas como geógrafos, gestores ambientais, biólogos, historiadores, psicólogos, pedagogos, comunicadores, ilustradores e sociólogos. Assim, seguimos desenvolvendo projetos e gerando novas parcerias.